INICIATIVA AMIGOS DO FRANK

O QUE É A INICIATIVA AMIGOS DO FRANK?

A "Frank's Friends" Iniciativa ("Amigos do Frank" em Português) é um programa que ajuda pessoas interessadas no uso de maconha medicinal de Massachusetts que possuem dificuldades financeiras verificadas e um diagnóstico de HIV/AIDS. A iniciativa fornece 50% de desconto emcertos produtos e serviços em dispensários, e também em certas clínicas de profissionais de saúde que fornecem consultas para a obtenção do cartão de uso medicinal. Os pacientes devem apresentar documentação tanto de sua condição de baixa renda quanto o diagnóstico de HIV/AIDS para se qualificar.

O QUE UM PACIENTE PRECISA FORNECER PARA SE QUALIFICAR PARA O FRANK'S FRIENDS INITIATIVE?

Os pacientes devem trazer uma forma válida de identificação (Identidade ou carteira de motorista de  Massachusetts) e seu cartão do Programa de Uso Medicinal de Maconha. Para provar o diagnóstico de  HIV/AIDS, os pacientes qualificados devem trazer um dos seguintes documentos:  

1. Uma nota assinada de um médico que mantém um acompanhamento contínuo no tratamento de  HIV/AIDS do paciente.

OU;  

2. Uma cópia do diagnóstico de HIV/AIDS de seu profissional de saúde certificado.  

Pacientes também deve trazer pelo menos um dos quatro documentos citados abaixo como  comprovante de dificuldades financeiras para se qualificar:  

  1. Carta oficial de aceitação pelo MassHealth recente, ou carta de redeterminação oficial do  MassHealth do ano atual; 
  2. Uma carta verificando que o paciente recebe Benefícios de Social Security (SSI) do ano atual;
  3. Um cartão ou carta mostrando que o paciente recebe benefícios de SNAP - Electronic Benefit  Transfer (EBT) do ano atual;

OU;

4. Declaração de imposto estadual ou federal deste ou do ano anterior, mostrando que a renda não excede 300% do nível federal de pobreza. 

POR QUE FOI DESENVOLVIDA A INICIATIVA AMIGOS DO FRANK?

O custo dos medicamentos para HIV/AIDS são caros, e até mesmo com co-pagamentos em certos programas médicos, o custo pode onerar a estabilidade financeira de quem sofre de HIV/AIDS.  Infelizmente, por causa da ilegalidade da maconha em um nível federal, o uso dela como medicamento  não é coberto por planos de saúde, obrigando pacientes de HIV/AIDS a pagar mais despesas com  dinheiro do próprio bolso para obter sua medicação.  

Algumas pessoas com HIV/AIDS estão vivendo no nível de pobreza ou abaixo dele para se qualificarem e  manterem seus serviços de saúde subsidiados, como MassHealth, habitação (programas de assistência  com aluguel), benefícios do SNAP (programa que fornece assistência com vale alimentar), entre outros programas sociais. O alto custo do cartão de maconha medicinal pode deter alguns pacientes com  HIV/AIDS de tirar proveito do programa de maconha medicinal em Massachusetts. Por este motivo, a  Frank’s Friends Initiative foi desenvolvida para criar programas de desconto em Centros de Tratamento  de Maconha Medicinal (MTCs) e com prestadores de serviços de saúde, para ajudar pessoas  diagnosticadas com HIV/AIDS e dificuldades financeiras comprovadas a cobrir os custos associados a  este medicamento. Pacientes com HIV / AIDS trouxeram maconha como um medicina para a vanguarda em uma época em que pouco outro alívio estava disponível para aqueles que sofrem com esta condição.  À medida que entramos em uma nova década, devemos continuar a reconhecer e ajudar aqueles que vivem com esse diagnóstico, sem esquecer o legado de quem viveu e morreu defendendo o uso de  maconha medicinal como tratamento.

VOCÊ GOSTARIA DE PARTICIPAR?

Você é um profissional de saúde ou dispensário de maconha que  deseja incluir a iniciativa "Amigos do Frank" como parte de seus programas que ajudam a fornecer  maconha a custo reduzido para pacientes com dificuldades financeiras comprovadas? Entre em contato com Frank H. Shaw para obter o documento de proposta completo, enviando um e-mail para [email protected] ou ligando para (617) 744-9396. Se você precisar de uma tradutora para te ajudar a conversar com Frank sobre este programa, envie um e-mail para Letticia Freitas, no endereço [email protected], ou envie uma mensagem para 774-303-0937.